14 de dez de 2013

Complexo de vira-lata

O ano está chegando ao fim e para o próximo um grande evento nos espera, a Copa do Mundo que iremos sediar, diante de tantas opiniões e tantas controvérsias com a construção de novos estádios alguns apoiam e outros não.
Promessa de vamos "parar tudo" e muita gente assustada, com medo até de atentados terroristas.

Mas será que isso é coisa de agora?

"Complexo de vira-lata" foi a expressão usada pelo escritor Nelson Rodrigues, a princípio  para  a nossa derrota diante da seleção do Uruguai por 2 x 1 dentro  do novíssimo em folha Estadio do Maracanã ou Maracanaço em Espanhol, Maracanazo como diziam os nosso  adversários em tom de deboche.
Sim foi o famoso "morrinho artilheiro" que colocou a bola para dentro raspando na trave que fez calar a voz de milhões.

Seleção Brasileira escalada para a partida decisiva contra o Uruguai. De pé: Barbosa, Augusto, Danilo, Juvenal, Bauer e Bigode. Agachados: Jonhson (massagista), Friaça, Zizinho, Ademir Queixada, Jair, Chico e Mario Americo (massagista).
 
Erguido pela quantia aproximada de 240 mil cruzeiros na época e em cerca de 1 ano e meio,  antecederam  também  protestos da população com o aumento do preço da passagem do bonde em 150% pelos anos de 1947, os paulistas foram às ruas picharam, depredaram. queimaram bondes da Companhia Metropolitana de Transporte Coletivos carinhosamente apelidada de "Custa Mais de Trinta Centavos".

Políticos da época também se desentendiam, como Carlos Lacerda que era contra o local escolhido para a construção do estádio, já o jornalista Mario Rodrigues Filho, irmão de Nelson Rodrigues, foi o maior apoiador da obra, com sua morte em 1966 o "Maraca" ganhou seu nome oficial, Estádio Jornalista Mário Filho.

Viram só? Essa coisa de protestos por 20 centavos da passagem, de ex jogador a favor brigando contra deputado ex jogador do contra, não tem nada de modernismo.
Do nosso povo ser usado e enganado muito menos, não fomos escolhidos por acaso em 50 para sediar a copa, é que a Europa estava toda detonada pela segunda guerra, para os Franceses aqui era longe demais e não eramos um país sério segundo "Charles de Gaulle", portanto a seleção Francesa não veio.
Em compensação, o Presidente Getúlio Vargas mandou o Brasil em 44 por a cara com a FEB e a FAB lá na Itália que era  logo ali, onde  muito sangue Brasileiro foi derramado pelos nossos pracinhas e pilotos, senão hoje muita gente estaria falando alemão, inclusive quem acha que aqui é a Bolivia como "Ronald Reagan".

Infelizmente pouca gente tem conhecimento de quanto se gasta em Interlagos para a corrida de Fórmula 1 acontecer, e o valor cobrado do ingresso passa e passa batido muito mais rápido que os carros à 300 por hora, mal a prova se acaba e já estamos pensando no 13º  e se  o sambódromo vai  ter um bom sistema de som em fevereiro e se a nossa escola vai ganhar o carnaval.

Agora mais uma vez o Brasil se levantou mesmo que tímido e espionado ainda com "Complexo de vira-lata". Com avisos de "Caution and Welcome to Brazil" para os nossos antigos adversários nas cancelas de nossos aeroportos, quando aqui chegarem novamente na Terra de Vera Cruz, preocupados com as recomendações do Ministério de Relações Exteriores do Reino Unido.
Claro o Brasil não é nenhuma  The Falkland Islands nem  parecido,  assim como Jean Charles de Menezes não era irmão gemeo de Hamdi Adus Isaac e foi confundido pelo S019 e morto, por conta disso não fizemos manual de sobrevivência para andarmos de metro em Londres.

Vi o povo  desafiar o sistema  com pau e pedra  nas ruas com coragem e muitos infelizmente reprisando os épicos episódios de  1947, não cabe a ninguém julga-los.
E agora vamos enfrentar o mundo que acha que somos os piores por não sabermos fazer os melhores carros, telefones etc... também não somos os melhores em fazer bombas e submarinos nucleares  e nem queremos ser,  para o resto do mundo somos um grande salão de festas com potenciais batedores de carteiras e garçons que facilitam as comandas, no fundo os gringos sabem que pagamos nossos impostos e pagamos caro, com a seriedade dignidade de qualquer cidadão do "primeiro mundo" e que isso fique bem claro,.
Ficar aqui na frente do computador escrevendo inquietações não muda o pais em absolutamente nada,  nem ir quebrar a Paulista toda como já foi visto, nossa mudança e legado está la no "Itaquerão" entre outros monumentais estádios erguidos com nosso suor, acredite que cada  tijolinho você que pagou assim como eu, não foram políticos nem jogadores  que moram europa, muito menos os convidados para a festa.





Um Feliz Natal um Ano Novo Cheio de Vitórias para todos.

Vamos cantar com Dona Ivone e Delcio Carvalho que a pouco mais de um mês nos deixou  Saudades.


É Natal

É Natal
Toda humanidade canta em coro suas canções
Boas Festas entre mil votos de felicidades
Neste mundo cheio de mágoas e ansiedades
É Natal
Novas esperanças
Pai Noel sempre prometeu
Brinquedos pras crianças
As que ele escolheu
Saúde e bonança
Pois Cristo Deus nasceu
Nesta noite, minha gente
Faz do samba oração
Choros e canções
Enchem o ar de emoção
É bonito e comovente
Sem ninguém pra comandar
O maior presente
É fazer esse povo amar

 



fontes: