5 de abr de 2012

Roda de Samba

Feriado da Pascoa, sexta feira em casa, muito chocolate aquele bacalhau no domingão, enfim; pena que muita gente esqueceu do verdadeiro significado religioso, além do que tem religião que nem celebra nada, isso é um tópico muito delicado e nem deve ser discutido aqui, a ressurreição, reencarnação, a existência do espirito e a vida após a morte, a fé vista como um todo é algo extremamente pessoal.

Já para (nós) que somos espiritas, que acreditamos em vida após a morte em manifestações espirituais, não é difícil imaginar que exista um plano espiritual onde os nossos irmãos já desencarnados possam se reunir e até fazer uma bela roda de samba, e  lá de cima  nos inspirar com energias positivas, fazendo a gente querer tocar um instrumento, cantarolar alguma melodia  e esboçar algumas linhas no papel.

Encarte do vinil  Memorias Chorando - Paulinho da Viola

Particularmente acredito que a música tem um poder muito grande de mexer com as pessoas, uma boa ou má lembrança pode fazer alguém rir ou chorar, se associada a uma música, isso vai muito da maneira como a canção também é interpretada pelo artista, não adianta ter cinquenta sambas no repertório se nenhum  deles transmite alguma mensagem  para o ouvinte, se não é executado com  alma vai passar batido sempre na roda, é preferível saber apenas um "sambinha batidinho" mais que transmita algo, de realmente bom e contagie os ali presentes, como dizia o velho poeta:  "que brota lá do fundo do coração".

Quando juntamos uma boa letra numa bela voz e com um arranjo da hora, não é raro ver alguém do seu lado  dizer olha meu braço até arrepiou! que coisa.
Isso é energia positiva pura, e prova como a boa música  pode contagiar as pessoas independente de sua idade credo ou seja lá o que for, veja como ainda nos  emocionamos revendo esse espetáculo deslumbrante aqui no vídeo.




No ano 1982 em seu livro "Bate Papo com o Além", a médium Zibia Gasparetto psicografou as crônicas atribuídas pelo espírito de Silveira Sampaio, e em um capitulo chamado "roda de samba" ele se encontra com vários sambistas, dentre eles nada mais nada menos que o próprio Noel Rosa, que nos envia uma linda mensagem, parecendo prever o que estamos passando hoje em dia com tanta música de má qualidade.vamos ler? 

Clique para download. 


Para comprar o livro.


arquivo em pdf - caso não tenha o programa para ler baixe aqui


Falando em composições inspiradoras, vozes divinas e arranjos celestiais, esse lindo samba, que é sem dúvida um lamento em forma de canção, que parece flutuar no ar com sua melodia rica e leve e que podemos sentir essa união perfeita.



"Alma que chora"
Alcebíades Barcelos - Armando Vieira Marçal 
Setembro de 1945 RCA/Victor
Interprete: Nelson Gonçalves

Deponho a teus pés minha alma que chora
Que vive em desalento imersa em dor
Não ouves os queixumes de quem te adora
Não ouves o soluçar de um coração sofredor

Eu trago sempre comigo ador que me devora
Sinto findar a existência de hora em hora
Tristeza mora comigo eu não tenho alegria
Meu viver não é viver é um rosário de agonia


Um forte abraço e uma feliz Páscoa a todos, eu rezo para que meu banquinho esteja reservado lá em cima com "eles"